Água-marinha, a gema do mês de março

 

A gema preciosa do mês de março, segundo os esotéricos, é a água-marinha. A água-marinha é uma variedade do mineral Berilo, assim como a esmeralda. Grandes cristais de água-marinha podem ser encontrados na natureza (diferentemente da esmeralda que são encontradas em pequenos tamanhos), o que possibilita uma enorme variedade de lapidações. O nome água-marinha é devido a sua coloração azul com tonalidades esverdeadas semelhantes à cor da água do mar. A história registra seu primeiro uso na Grécia, entre 300 e 500 anos a.C. Os antigos gregos tinham a água-marinha como símbolo do amor e sorte no matrimônio. O artigo de hoje é dedicado a essa gema azul luminosa e uma das mais fascinantes do reino mineral.

 

água-marinha

Maravilhosa água-marinha em estado bruto

 

água-marinha

Águas-marinhas com variações de tamanhos e lapidações

 

Características da água-marinha

 

A água-marinha é um silicato mineral de alumínio e berílio com dureza 7,5 a 8 na Escala de Mohs. Embora seja uma gema muito dura, é também bastante frágil, ou seja, se lasca com facilidade caso submetida a golpes súbitos. Seu sistema de cristal é hexagonal e sua cor deve-se à presença de ferro na sua estrutura durante a formação. De transparente à translúcida, sua cor varia do azul claro esverdeado ao azul mais intenso (escuro), que é a mais valiosa e é típico da água-marinha exibir um brilho vítreo. A água-marinha geralmente apresenta poucas inclusões (impurezas) e uma elevada transparência, o que contribui para realçar ainda mais sua beleza. Quando submetida ao calor, não se altera, a menos que contenha inclusões líquidas no seu interior e à luz do dia, permanece estável. É resistente a todos os ácidos, exceto ao ácido fluorídrico. O Brasil é o maior produtor de água-marinha, tendo abastecido o mercado joalheiro mundial e o acervo dos principais museus de mineralogia no último século. No Brasil a água-marinha é encontrada principalmente em Minas Gerais, na Bahia, no Espírito Santo, Rio Grande do Norte, Paraíba e em outros países como o Paquistão, Afeganistão, Austrália, África e Estados Unidos. Outra característica muito interessante dessa gema, é que inclusões de outros minerais fazem com que os cristais de água-marinha apresentem diversos fenômenos ópticos, como o de “olho-de-gato” (uma variedade de água-marinha).

 

água-marinha

A água-marinha Dom Pedro encontrada em 1993 no estado de Minas Gerais, Brasil é considerada a maior água-marinha lapidada da história. Está alojada na coleção permanente do Museu de Ciências Naturais de Houston, EUA

 

água-marinha

Ela foi lapidada pelo alemão Bernd Munsteiner que criou a escultura Waves of the Sea, com 35 centímetros de altura. A principal beleza da água-marinha Dom Pedro está no brilho, por ser translúcida e de um azul-claro profundo. Estima-se ter valor entre 5 a 6 milhões de dólares

 

Curiosidades e crenças sobre a água-marinha

 

A água-marinha é conhecida como a pedra dos marinheiros e viajantes, pois acredita-se que trás boa sorte. É considerada a pedra da harmonia, a pedra que acalma, representa a paz e aquieta o sistema nervoso. Acredita-se ter propriedades curativas como conter infecções de todos os tipos, ser muito útil para laringite e infecção na garganta. A água-marinha também pode ajudar a evitar a herpes, controlar sintomas de alergias e curar doenças respiratórias. Também promove a fidelidade e protege recém-nascidos.

 

 

água-marinha

Par de brincos em ouro amarelo e gemas de água-marinha

água-marinha

Pendente confeccionado à mão, com água-marinha de 60 quilates fixado em folhas de platina com diamantes

 

A maior pedra de água-marinha foi encontrada em Marambaia (MG) e pesava 111 kg, medindo 45 cm de altura e 38 cm de largura. A Rainha Elizabeth II, grande apreciadora da água-marinha, quando veio ao Brasil na década de 50 foi presenteada com colar, par de brincos, pulseira e broche.

água-marinha

Em 1953, o presidente do Brasil presenteou a Rainha com o par de brincos e o colar pela sua coroação; em 1958, o governo brasileiro a presenteou com o broche e a pulseira para combinar com as peças anteriores; em 1957, a Rainha encomendou a magnífica tiara da conceituada joalheria inglesa Garrard’s & Co que posteriormente incorporou a gema principal do seu colar na área central da tiara.

 

Segundo Robert Simmons, a água-marinha promove para ambos os sexos uma comunicação gentil, verdadeira e compassiva. E para finalizar, na tradição, acredita-se que a água-marinha é um tesouro das sereias, sendo usada como talismã para trazer boa sorte, destemor para os marinheiros e felicidades eternas.

água-marinha

Água-marinha em estado bruto ainda encrustrada na rocha

 

água-marinha

Rara água-marinha em estado bruto com inclusões de granada

 

água-marinha

Bela gema de água-marinha da Mina Medina em Minas Gerais, Brasil

 

 

Fonte de Pesquisa: O livro das pedras, o que elas são e o que ensinam – Editora Madras

Empresária, criadora e editora deste blog, com ampla experiência no mercado de luxo de São Paulo, nos segmentos de moda e joalheria.

Posted in Gemas and tagged , , , , , , .

Deixe um comentário